Cidades

Donos de empresas de ônibus estariam dividindo com motoristas e cobradores o valor de multas aplicadas por conta de excesso de passageiros

Por Wanderson Camêlo Durante pronunciamento no plenário da Câmara, o vereador Joaquim do Arroz (MDB) afirmou ter recebido denúncia dando conta de que donos de […]

Publicado por: Luciano Coelho 03/09/2020, 14:40

Por Wanderson Camêlo

Durante pronunciamento no plenário da Câmara, o vereador Joaquim do Arroz (MDB) afirmou ter recebido denúncia dando conta de que donos de empresa de ônibus estão dividindo entre cobradores e motoristas o valor de multas aplicadas por conta de aglomeração nos coletivos. 

O vereador prometeu levar solicitar, junto ao Ministério Público do Trabalho, a análise da informação. 

No último dia 31, a Strans e a Guarda Civil notificaram 27 ônibus por excesso de passageiro (Foto: divulgação/Strans)

“Eu recebi uma denúncia dos motoristas de que as multas que estão sendo aplicadas por excesso de passageiros nos ônibus estão sendo divididas entre motoristas e cobradores. É uma denúncia muito grave e eu quero levar ao Ministério Público do Trabalho”, afirmou Joaquim do Arroz durante aparte na sessão desta quarta-feira (02).

Procuramos o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina para tratar do assunto, mas não houve retorno até o fechamento desta matéria. 

No último dia 31, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) e a Guarda Civil notificaram 27 ônibus que integram o serviço de transporte público de Teresina devido ao excesso de passageiros. Segundo o decreto 20.027, os coletivos só podem transportar pessoas sentadas e usando máscaras. 

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM