Cidades

Prefeitura de Teresina dá 48 horas para empresas de ônibus responderem proposta

O anúncio aconteceu nesta quinta-feira (09), no Palácio da Cidade, numa coletiva de imprensa

Publicado por: Lilian Oliveira 09/09/2021, 15:25

Matéria de Wandersson Camêlo e Lilian Oliveira 

Pela segunda vez consecutiva, o prefeito de Teresina, Doutor Pessoa (MDB), reuniu seu secretariado para elaborar uma proposta aos empresários do setor de transporte coletivo e pôr fim de vez à paralisação no sistema. O gestor apresentou oito exigências aos representantes do setor, a serem cumpridas no prazo de 48 horas (a contar da notificação). 

Foto: Divulgação/PMT

O anúncio aconteceu nesta quinta-feira (09), no Palácio da Cidade, numa coletiva de imprensa. Para selar o acordo a prefeitura solicita, dentre outras coisas, o controle da bilhetagem eletrônica por parte da prefeitura e a revisão no valor das tarifas. Os pontos foram discutidos ontem pelo secretariado de Doutor Pessoa. 

Doutor Pessoa em coletiva de imprensa (Foto: Divulgação/PMT

O sistema deverá voltar gradativamente, de acordo com o gestor municipal. “A partir de segunda-feira, nós vamos começar a agir para que aqueles que precisam do transporte coletivo sejam amparados”, destacou.

Primeira tentativa de acordo

Na segunda-feira, depois de reunião com representantes de empresas do transporte coletivo teresinense, Doutor Pessoa propôs liberar mensalmente R$ 1,2 milhão de subsídios pelo pagamento da meia passagem dos ônibus dos estudantes, além da isenção de pagamento da tarifa por policiais militares, civis, penais, bombeiros e idosos a partir dos 60 anos. A proposta não foi aceita.

De acordo com o Setut, a prefeitura de Teresina deve hoje mais de R$ 25 milhões (de março de 2020 a abril de 2121) aos concessionários que operam na capital. O executivo não reconhece a dívida.

Confira as os pontos apresentados pela prefeitura de Teresina

  • Gratuidade para o transporte de estudantes de escolas públicas municipais, entre outras tarifas sociais
  • Ônibus com Wi-Fi e ar-condicionado
  • Efetivo funcionamento do sistema de integração
  • Revisão no valor das tarifas
  • Obediência à vida média dos veículos
  • Controle da bilhetagem eletrônica por parte da Prefeitura
  • Retorno da circulação da frota prevista na ordem de serviço da Strans
  • 48h a partir da notificação se manifestar sobre os pontos

Resposta do Setut

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut) informou, através de nota, que ainda não teve acesso à proposta apresentada pela Prefeitura e assim que receber o documento fará análise da propositura. 

 

 

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM