Cidades

Evento “Cidade: Substantivo Feminino” discutirá medidas de acessibilidade para mulheres

Palestras e atividades debaterão o direito dessa faixa da população aos ambientes e serviços públicos

Publicado por: Eric Souza 25/10/2021, 09:04

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Piauí (CAU-PI) realizará na próxima quarta-feira (27) um evento intitulado “Cidade: Substantivo Feminino”, que pretende discutir a relação entre as mulheres e os espaços urbanos e os desafios para tornar a cidade mais acessível à população feminina. Além disso, deve organizar atividades sobre a equidade de gênero na arquitetura e o empreendedorismo feminino nas carreiras de arquiteta e urbanista.

Arte de promoção do evento do Conselho de Arquitetura (Foto: Divulgação/CAU-PI)

Em entrevista ao JT1 da Teresina FM, a conselheira do CAU e coordenadora do evento, Adriana Araújo, esclareceu as motivações do projeto. “Nosso objetivo é colocar o papel da mulher em destaque. Cerca de 51,8% da população teresinense é feminina, e mesmo assim a maior parte da cidade é gerida por homens. O Conselho de Arquitetura convida à reflexão de uma cidade planejada pelas mulheres”, pontuou.

Araújo destacou que o intuito das palestras e atividades é debater o deslocamento seguro das mulheres na cidade, o direito a transporte público, moradia e saúde de qualidade. Lembrou que, em um cenário de inacessibilidade, as pessoas vulneráveis socioeconomicamente são as mais atingidas, tornando-se quase “invisíveis”.

Para a conselheira, outro objetivo do evento consiste em criar uma consciência coletiva, facilitar o acesso aos serviços públicos e discutir medidas inclusivas, tendo em mente as bases fundamentais da arquitetura, que são conforto, tranquilidade e acolhimento.

Coordenadora explica as problemáticas a serem abordadas no evento (Foto: Teresina FM)

Questionada sobre como a cidade trata as pessoas que têm dificuldades de locomoção, Araújo citou uma sondagem realizada pela organização Mobilize a respeito da situação das calçadas, ruas e faixas de travessia em todas as capitais brasileiras. De acordo com o estudo, Teresina, assim como os demais 26 municípios, registrou péssimas condições para a circulação de pedestres e cadeirantes nesses espaços.

“Não há como gerenciar essa questão se os cidadãos não possuem consciência e utilizam as calçadas como estacionamento para seus veículos. O poder público, por sua vez, as reduz cada vez mais para alargar o comprimento das ruas. A verdade é que os pedestres não são tão priorizados quanto os motoristas no ambiente urbano”, salientou.

Por fim, reforçou que as inscrições para o “Cidade: Substantivo Feminino” podem ser feitas pelo Instagram do CAU-PI ou pelo site do Conselho entre 13 e 25 de outubro. O Gran Hotel Arrey, localizado na Rua Jaime da Silveira, zona Leste de Teresina, receberá o evento, que ocorrerá das 9h às 18h.

“Está na hora de sair do planejamento e partir para a execução de bons projetos para a cidade. Precisamos deixar um legado para as futuras gerações, mostrar que vale a pena lutar pelo propósito de tornar o ambiente urbano mais justo e acessível a todos”, concluiu.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM