Cidades

Lei que institui a Política Municipal de Saúde Integral para população LGBTQIA+ é sancionada

A Lei é de autoria da vereadora Pollyanna Rocha

Publicado por: Lilian Oliveira 02/12/2021, 21:39

A Lei nº 5.668, de 26 de novembro de 2021, que visa combater a discriminação  e promover a saúde integral da população LGBTQIA+ na rede municipal de saúde foi sancionada pelo prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB). A determinação consta no Diário Oficial do Município de quarta-feira (01) e já está em vigor.

De acordo com a autora da proposta, vereadora Pollyana Rocha (PV), o PL vai contribuir para ampliar o acesso desta comunidade aos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), garantindo às pessoas o respeito e a prestação de serviços com qualidade e resolução de suas demandas e necessidades.

Bandeira LGBTQIA+ (Foto: Reprodução/Internet)

Segundo a vereadora, a criação do PL aconteceu a partir de conversas com grupos LGBTQIA+, que a procuraram e narraram a ocorrência de episódios discriminatórios e preconceituosos na rede municipal de saúde. Através das redes sociais, a parlamentar comemorou a sanção. “Vitória contra o preconceito!”, disse em post publicado nesta quinta-feira (02). Confira na íntegra:

Um dos principais pontos da matéria, é a garantia que travestis e transexuais sejam tratados pelo nome social em estabelecimentos médicos públicos. A determinação, de 26 de novembro de 2021, é válida para atendimentos em hospitais, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) de Teresina.

Confira aqui a decisão na íntegra (pagina 2)

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM