Economia

Iminência de conflito armado preocupa Aprosoja Piauí

Há suspeita que a grilagem de terras no Piauí tenha ligações com o esquema desmontado na Bahia

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 18/12/2020, 13:33

Na  cidade Ribeiro Gonçalves, no Cerrado do Piauí, escoltas oriundas do Estado do Pernambuco foram vistas rondando o Fórum do município.

O clima de tensão na região tem preocupado a Associação de Produtores de Soja do Piauí devido a possibilidade de conflito armado depois de uma decisão judicial que derrubou a reintegração de posse de uma área a um proprietário que não comprovou ter documento algum da área.

Presidente da Aprosoja, Alzir Neto, alertou as autoridades sobre a iminência de conflito (Foto: Teresina FM)

Os produtores de soja da região acreditam que o caso possa ter ligação com a operação Faroeste, deflagrada na Bahia, e que o mesmo esquema de grilagem de terras possa estar atuando no Piauí.

O presidente da Aprosoja Piauí, Alzir Neto, que está acompanhado neste momento em Baixa Grande a situação fala sobre o assunto. Segundo ele todas as autoridades do Piauí já foram informadas da iminência de um conflito armado.

Fonte: Com informações da Aprosoja

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM