Economia

Equipe da Deccoterc prende dono do Toinho Variedades

Ministério Público denunciou os empresários por crime contra a ordem tributária

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 21/12/2020, 15:49

O empresário Antônio Carlos de Mesquita, dono do Grupo Toinho Variedades, foi preso nesta segunda-feira (21). A prisão se deu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz da 10ª Vara Criminal Teresina, Antônio Lopes de Oliveira.

A prisão foi feita pela Delegacia Especializada de Crimes Contra a Ordem Tributária e Relações de Consumo (Deccoterc). Antônio Carlos e o irmão dele Carlos Augusto de Mesquita foram condenados a 18 anos e 7 meses de reclusão, cada um, em regime fechado, pelo crime de sonegação fiscal.

O Grupo Toinho Variedades foi acusados de sonegação de impostos (Reprodução: Google)

A denúncia foi feita pelo Ministério Público do Estado informando que os acusados, através da empresa Maria do Carmo de Mesquita (Toinho Variedades) cometeram irregularidades fiscais. Eles foram condenados pelo crime contra ordem tributária e falsificação tributária, omitindo operação fiscal superior a R$ 1,5 milhão.

O juiz condenou os empresários a 18 anos e 7 meses de reclusão, em regime fechado, além de decretar a prisão preventiva dos dois para resguardar a ordem pública. E terão que pagar R$ 1.442,468,30  referente ao dano decorrente da sonegação.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM