Esporte

Esporte é Notícia #39: 4 de Julho traz técnico campeão em 2020 e Brasil domina no tênis de mesa

Flu-PI e Altos fazem a final do Piauiense Sub-17 no Lindolfo; equipe do Núcleo de Basquete estreia no Estadual de base

Publicado por: Eric Souza 17/05/2022, 06:02

4 de Julho

Após perder (de novo) Fernando Tonet com menos de um mês de trabalho, a diretoria do Colorado também tratou de agir rápido e já definiu o substituto do gaúcho: Emanoel Sacramento, campeão piauiense em 2020 com a equipe de Piripiri.

O treinador estava no Humaitá-AC, onde conquistou o primeiro Campeonato Acreano da história do clube, mas foi demitido após um péssimo início de Série D, com três derrotas em três partidas.

Emanoel Sacramento, novo técnico do 4 de Julho (Foto: Divulgação/Marcelo Diaz)

Além do time da região Norte, Sacramento já treinou o Potiguar, no Rio Grande do Norte; Boavista, Bangu e Duque de Caxias no Rio de Janeiro; e o River-PI aqui no Piauí.

No último título de Estadual conquistado pelo 4 de Julho, o técnico disputou 16 jogos: venceu oito, empatou seis e perdeu dois. Na decisão, enfrentou o Picos duas vezes; vitória por 2 a 0 na ida, derrota por 3 a 1 na volta. A taça só foi garantida nos pênaltis (4 a 2).

Segundo a assessoria do Quatro, o novo comandante deve chegar em Piripiri entre a noite desta terça (17) e a manhã de quarta-feira (18), a fim de que estreie à beira do gramado contra o Tocantinópolis-TO, pela sexta rodada da Série D, no sábado (21), às 16h, em Piripiri.

Campeonato Piauiense Sub-17

Fluminense-PI x Altos

A final do Estadual de base ganhou data por parte da Federação de Futebol do Piauí (FFP): nesta quarta, às 17h, Fluminense-PI e Altos se enfrentam no Lindolfo Monteiro, em Teresina, para decidir quem fica com o título.

Base do Vaqueiro comemora classificação à decisão do Estadual (Foto: Divulgação/Fluminense E.C.)

Na primeira fase, o Vaqueiro ficou na segunda colocação do Grupo A, com sete pontos, atrás somente do líder Piauí, com oito. O Jacaré também terminou na vice-liderança do Grupo B, com quatro pontos, na cola do primeiro colocado Picos, com nove.

Já nas semifinais, enquanto o Tricolor venceu o Zangão por 1 a 0, graças a um belo gol de falta aos 45 minutos da segunda etapa, o Alviverde precisou ir às penalidades para derrotar o Enxuga-Rato por 5 a 3 após empate sem gols no tempo regulamentar.

Atletas do Jacaré celebram vaga na final do Piauiense Sub-17 (Foto: Divulgação/A.A. Altos)

O jogo decisivo e único possui duração de 80 minutos e prevê cobranças de pênaltis em caso de igualdade no placar. A entrada dos torcedores será autorizada mediante a doação de 1 kg de alimento não perecível, que será doado a uma instituição de caridade.

Não custa nada lembrar: a equipe campeã do Piauiense Sub-17 será coroada com o direito de disputar a Copa do Brasil da categoria no ano que vem.

Estadual Sub-18 de Basquete

Babaçu 39 x 69 Caldeirões-MA

A equipe liderada pelo educador físico Edson Macário, coordenador do Núcleo de Basquete da Fundação Nossa Senhora da Paz, em Teresina, perdeu o desafio inaugural do Campeonato Piauiense Sub-18.

Jogadores da equipe Babaçu ao lado do professor Edson Macário, de camisa branca (Foto: Arquivo Pessoal)

Diante do Caldeirões de Caxias, do Maranhão, o time do Babaçu foi superado por 69 a 39 na quadra do CPI Ilhotas, no Centro da capital, durante a manhã do último domingo (15).

Não há muito tempo para lamentar: os garotos da Fundação voltam a jogar no mesmo local nesta quarta, a partir das 19h, contra a equipe da casa e franca favorita ao título da competição: o Colégio CPI.

Time da Vila da Paz perde para o Caldeirões na abertura do Estadual (Foto: Arquivo Pessoal)

Cabe destacar que a campanha de doações promovida pelo professor Edson e divulgada pela Teresina FM garantiu o custeio dos uniformes, tênis, transporte e outras taxas relativas aos rapazes da Vila da Paz.

Sul-Americano de Tênis de Mesa

O Brasil simplesmente arrasou no Campeonato Sul-Americano de Tênis de Mesa: em sete dias de disputa, 21 pódios conquistados. Na segunda (16), último dia do torneio, a equipe conseguiu 11 medalhas, sendo quatro outros, quatro pratas e três bronzes.

Houve, por exemplo, finais com duplas brasileiras. Davi Fujii e Lana Ozeki ficaram com o ouro ao derrotarem Vincenzo Nakashima e Karina Shiray por 3 a 0, enquanto Hamilton Yamane e Mahayla Sardá garantiram o bronze.

Laura Watanabe foi campeã na categoria sub-19 feminina (Foto: Santiago Regaira/ITTF)

Nas finais individuais, Beatriz Fiore bateu Mahayla por 3 a 2 e se sagrou campeã na categoria sub-15. Karina veio em terceiro lugar, eliminada pela própria Mahayla na semifinal.

Ainda no sub-15, mas entre os rapazes, Felipe Lara perdeu a decisão para o venezuelano Carlos Romero, por 3 a 1, após bater Vincenzo na semifinal.

No sub-19 feminino, Laura Watanabe faturou o ouro com a colega de equipe Beatriz Kanashiro, por 4 a 0. Já no masculino, Leonardo Iizuka teve mais trabalho: precisou derrotar Carlos Fernandez por 4 a 3 a fim de subir ao primeiro lugar do pódio.

Zagueiro piauiense no Athletico

No domingo, o Athletico Paranaense viajou a Volta Redonda, no Rio de Janeiro, para encarar o Fluminense pela sexta rodada da Série A do Brasileirão. Sofreu dois gols de Cano – o segundo, aliás, foi uma pintura -, mas descontou nos acréscimos com o zagueiro Matheus Felipe.

Seria mais uma partida qualquer entre as tantas realizadas a cada fim de semana na competição nacional, se não fosse por um detalhe: o defensor que marcou o gol de honra da equipe sulista nasceu no Piauí.

Matheus Felipe foi contratado pelo Furacão ainda em 2021 (Foto: Divulgação/Athletico)

Natural de Teresina, Matheus Felipe não defendeu nenhum clube local antes de assinar contrato com o Mirassol-SP, seu primeiro time profissional, em 2016.

Quatro anos depois, passou por Grêmio Prudente-SP, Juventus de Jaraguá-SC e CSA-AL. Com a camisa do Azulão, o atleta disputou 42 partidas, entrando como titular em 36 e anotando um único gol.

Defensor teve bons momentos com a camisa do Azulão de Alagoas (Foto: Augusto Oliveira/CSA)

O desempenho pelo clube alagoano chamou a atenção do Athletico, que prontamente o levou para Curitiba, onde deve permanecer até 2026.

Apesar de uma lesão na coxa direita no início do ano, o zagueiro esteve em campo no Campeonato Paranaense, durante o qual o Furacão utiliza um time de aspirantes, e tem aproveitado oportunidades nas escalações do ex-técnico Fábio Carille e, atualmente, de Felipão.

Confira o quadro completo no Jornal da Teresina 1ª Edição desta terça-feira (17):

Matérias relacionadas:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM