Geral

Fora das Olimpíadas de Tóquio, Rafaela Silva recebeu apoio da CBJ

Campeã olímpica da categoria até 57kg ficou sabendo do resultado do seu julgamento nesta segunda. Atleta tentou recurso junto à Corte Arbitral do Esporte para reduzir a pena

Publicado por: Ezequiel Araújo 23/12/2020, 18:02

A campeã olímpica da categoria 57kg recebeu a notícia de que o seu pedido foi negado depois de entrar com um recurso na Corte Arbitral do Esporte pedindo a redução da sua pena. Dessa forma, ela está suspensa até novembro de 2021, o que a deixará fora dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Após a divulgação do resultado do julgamento, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) emitiu nota em defesa da judoca.

– Uma das principais lições que o nosso esporte ensina é aprender a cair, levantar e seguir. Rafaela Silva e o judô brasileiro levantarão ainda mais fortes. Juntos, estamos preparados para vencer as dificuldades – dizia um trecho do comunicado.

Participaram da audiência por videoconferência algumas testemunhas de defesa, além dos advogados Marcelo Franklin e Thomaz Paiva, do bioquímico Fernando Fonseca e do médico Ronaldo Abud.

 

Fonte: Globo Esporte

Rafaela Silva em ação no Pan de Lima, onde foi reprovada em exame antidoping — Foto: Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM