Geral

Com sistema de saúde no limite, Rondônia pede transferência de pacientes com covid-19

Rondônia tem fila de pacientes à espera de leitos de UTI

Publicado por: Maria Sol Martins 25/01/2021, 11:30

O estado de Rondônia está com seu sistema de saúde à beira do colapso e vai transferir pacientes com covid-19 para outras unidades federativas. O anúncio foi feito pelo governador do estado, Marcos Rocha (sem partido), após um dia de tratativas com o Ministério da Saúde para articular a transferência dos pacientes para hospitais federais.

Rondônia tem fila de pacientes à espera de leitos de UTI. Segundo afirmou o governador do estado, a medida de transferência busca salvar as vidas dessas pessoas. Além disso, ele afirmou que o estado dispõe de poucos leitos de cuidado intensivo e também não tem médicos suficientes para garantir o atendimento nesses locais.

Governador Marcos Rocha diz que Rondônia não tem leitos e vai precisar transferir pacientes a outros estados (Foto: Facebook/Reprodução)

A Secretaria Estadual de Saúde de Rondônia informa que há pelo menos 12 hospitais no estado com 100% de taxa de ocupação de UTIs.

Já na capital Porto Velho, todos os hospitais de campanha estão lotados. O prefeito da cidade, Hildon Chaves (PSDB), já declarou que o sistema de saúde municipal entrou em colapso.

Na semana passada, o sistema de saúde do Amazonas também entrou em colapso e cenas de desespero tomaram conta das redes sociais mostrando a falta de oxigênio nos hospitais. Diante da situação, o estado anunciou medidas de restrições sociais como o fechamento do comércio e a limitação da circulação de pessoas.

Fonte: JORNAL DO BRASIL

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM