Propaganda do Governo do Estado do Piauí

E a segurança!?

3 de março de 2020

O ouvinte da Teresina FM sabe muito bem que tratamos segurança pública como um item de extrema necessidade.

E quando fazemos isso, o fazemos com o melhor dos propósitos.

Voltamos ao tema por conta do recrudescimento da violência no Piauí nos últimos dias.

O Jornal da Teresina Segunda Edição, sob o comando do competente jornalista Bartolomeu Almeida, fez recentemente uma consulta popular sobre segurança pública.

Você aprova ou desaprova a segurança pública do Piauí? Esta foi a pergunta comum feita a todos os ouvintes que participaram da enquete.

O resultado, sinceramente, não nos surpreendeu. E nem deve ter surpreendido aos nossos ouvintes.

Das vinte pessoas que nos ligaram num espaço de dez minutos apenas uma disse aprovar o atual sistema de segurança pública do Piauí. Os 19 ouvintes restantes se expressaram de forma contrária, não aprovam.

Trocando em miúdos, significa dizer que 95% da população teresinense não aprova a segurança pública que o estado oferece. Cinco por cento, apenas cinco por cento, concordam.

O resultado certamente não agradou aos especialistas do governo, o que é normal.

Alguns reagem dizendo que enquete não tem qualquer base cientifica, sugerindo que uma pesquisa possa apresentar outro resultado. Talvez sim, digo eu, ou talvez não.

Cientifico ou não, o resultado deve preocupar muito o governo.

O que se viu foi uma parcela da população – que pode ou não representar toda a sociedade teresinense – indignada com a situação da segurança pública no Piauí. E isso pode ser um sinal muito forte de que esta mesma população esteja perdendo a paciência.

O governo adotou como prioridade ao longo dos últimos anos um modelo desconhecido de todos que aqui foi batizado de sensação de segurança.

Essa sensação de segurança que o governo tanto fala é, na verdade, uma ilusão, afinal para existir a sensação de segurança é preciso inicialmente que haja segurança. Se não há segurança, como a população irá se sentir segura?

Se você resolve passear numa praça com sua família, num começo de noite qualquer, a primeira coisa que vai procurar é o policiamento. Se você olha para um lado e para outro e não encontra um policial, sua sensação certamente será de insegurança. Não poderia ser outra.

Não há mágico no mundo que consiga inverter essa situação. Segurança é uma coisa concreta, que exige presença, não apenas imaginação.

Segurança é policiamento nas ruas, dia e noite, a todo instante.

A policia nas ruas – está provado – inibe a ação dos bandidos, que hoje não se incomodam mais com esse palavreado que os técnicos em segurança consideram moderno. 

Segurança é ação.

A polícia também sabe muito bem disso.

A policia sabe, inclusive, que não se faz segurança sem   homens, sem tropa.

Para nós do Piauí, infelizmente, sensação de segurança é uma coisa que não existe.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM