Propaganda do Governo do Estado do Piauí

 Igualdade

21 de maio de 2020

A constituição brasileira garante a todos nós o direito a vida.

Todos os brasileiros, homens e mulheres de qualquer idade, tem o direito a vida. Está escrito na nossa lei maior.

Ao Estado ou a ninguém é dado o direito de escolher quem deve viver ou quem deve morrer.

Todos devem viver e o estado tem que agir no sentido de garantir a vida de todos nós. Sem exceção, sem qualquer distinção entre pobres e ricos ou  brancos e pretos.

A constituição estabelece o princípio da igualdade. Estabelece que somos todos iguais.

 Somos iguais em direitos e deveres. Pelo menos é o que diz nossa lei maior.

Somos iguais em qualquer situação, independentemente até de credo político.

E assim terá que ser sempre.

Acompanhando essas divagações até o momento atual, até o momento do Coronavírus, essa peste que nos encurralou, chamamos a atenção das autoridades para que cumpram a lei tal qual a constituição determina.

Que todos tenham igualmente o direito a vida.

Igualdade não combina com rua para alguns e casa para muitos outros.

Nesse caso estamos praticando uma grande injustiça e reforçando ainda mais a desigualdade existente.

Como somos todos iguais, segundo a constituição, cabe ao governo tratar a todos com igualdade.

O governo tem que garantir a vida dos que não precisam trabalhar, mas também tem  que oferecer as condições para àqueles que querem e precisam trabalhar.

Temos que garantir aos que estão trancados em casa o direito de ganhar o pão para que sustento da família.

O governo tem que assegurar a dignidade dessas pessoas.

São, em sua maioria, pessoas acostumadas ao honesto trabalho de sol a sol.

Não podemos prosseguir com essa política do tipo uma esmolinha pelo amor de Deus. Não podemos continuar ouvindo o Deus lhe pague eternamente.

Lembrem dos versos do saudoso Luiz Gonzaga, nosso eterno rei do baião:

 – uma esmola a um homem que é são ou lhe mata de vergonha ou vicia o cidadão. Não podemos ficar o restante da vida de boca aberta a espera que uma pessoa caridosa lembre que você e sua família precisam comer

O brasileiro não quer isso.

O brasileiro quer trabalhar.

O brasileiro não quer a piedade de ninguém.

O brasileiro quer apenas uma oportunidade.

Quer apenas um emprego.

Ao governo cabe apenas definir as regras.

Cabe ao governo organizar o cumprimento dessas regras, o que não parece tão difícil assim.

Se o consumidor sabe ir a farmácia comprar seus medicamentos.

Se a pessoa sabe ir ao supermercado comprar seus mantimentos, certamente que também saberá ir ao comércio.

Certamente saberá se comportar nas ruas.

Não será criando guetos que vamos escapar dessa pandemia.

Acredito que só sairemos dessa situação com a colaboração de cada cidadão e de cada cidadã.

Essas pessoas que começam a sentir a dor da fome estão pedindo apenas uma chance de sobreviver.

E isso ninguém tem o direito de negar.

(do livro Opinião com Chico Leal)

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM