Honestidade

13 de outubro de 2020

 Triste o país que precisa de um dia específico no seu calendário de eventos para celebrar a honestidade.

Triste povo que precisa de um dia específico em seu calendário de eventos para lembrar que ser honesto não é favor, é obrigação.

O Brasil comemora a 10 de outubro o Dia da Honestidade.

Um único dia infelizmente é muito pouco para se festejar a honestidade, principalmente no Brasil.

No nosso Brasil varonil, precisamos festejar a honestidade diariamente, 365 dias por ano. 366 dias se o ano for bissexto.

Fazendo isso, talvez se possa um dia mudar esse quadro atual de tantas roubalheiras.

Honestidade – de uma maneira bem explícita – é a obediência incondicional às regras morais.

Honestidade é a qualidade de ser verdadeiro, não enganar, não mentir e não fraudar.

A honestidade é um bem essencial, não pode faltar no dia a dia das pessoas.

A honestidade tem que ser imprescindível como o ar que respiramos.

A honestidade é uma das maiores virtudes do homem.

Atuar de forma honesta requer respeito pela verdade, que vai além das intenções.

O homem não pode atuar de acordo com os seus interesses.

A honestidade – como diz uma lenda chinesa – é uma flor tecida em fios de luz, que ilumina quem a cultiva e espalha claridade ao redor.

A honestidade é indispensável, mas nem todos pensam assim.

Infelizmente.

Só podemos combater a corrupção com honestidade.

Não se combate desonestidade com desonestidade.

Não se combate um crime praticando o mesmo crime.

Isso não existe.

Se o honesto hoje é uma raridade, nós podemos inverter esse quadro, engrossando as fileiras dos que são verdadeiramente honestos.

Daí a importância de se cultivar valores como a verdade.

Atuar de forma honesta requer respeito pela verdade e isso vai além das intenções.

O homem não pode atuar de acordo com os seus interesses.

Estamos necessitando urgentemente de exemplos de honestidade no Brasil.

Precisamos urgentemente de uma luz que nos mostre o caminho do bem, um caminho do bem traçado por pessoas de bem e que queiram o bem do Brasil e dos brasileiros.

Estamos trilhando o perigoso caminho da desonestidade há muito tempo, temos que voltar atrás.

Temos que recuar no tempo em busca desse caminho do bem do qual nos desviamos em algum momento de nossa caminhada.

O bom senso nos diz que não podemos caminhar assim.

Vamos seguir por um novo caminho e deixar que a justiça faça sua parte de maneira exemplar.

Até mesmo para que o tempo – o senhor de tudo – possas sepultar definitivamente esse passado maldito.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM