Dr. Pessoa autoriza contratação de professores substitutos para a volta às aulas

24 de maio de 2022

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, autorizou a Secretaria de Educação Municipal (Semec) a reorganizar o calendário escolar no município. Ele autorizou também o corte no contracheque do professor que permanecer em greve e a contratação de profissionais temporários. E caso seja necessário, que seja feita a reorganização da lotação dos profissionais da educação. E a  contratação temporária de professores substitutos. Já os descontos nos contracheques dos grevistas podem ser realizados com data retroativa a 7 de abril. “Esse decreto tem como objetivo reorganizar a forma como as aulas serão reiniciadas e garantir o direito a educação de todas as crianças. Já tivemos duas decisões judiciais que atestaram a ilegalidade da greve. As aulas precisam voltar o quanto antes”, afirmou o secretário de Governo da Prefeitura, André Lopes. A greve já dura mais de 100 dias. O TJ-PI, por duas vezes, decretou a ilegalidade do movimento, estabelecendo multa de R$ 20 mil por dia no caso de descumprimento. A prefeitura alega que nenhum profissional do magistério ganha menos que o piso salarial e que os professores tiveram um reajuste de 16% em fevereiro.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM