Polícia

PF investiga comércio cédulas falsas pelo WhatsApp no Piauí

A Polícia Federal deflagrou a operação para desarticular uma quadrilha que estava falsificando dinheiro e vendendo cédulas pelo WhatsApp. A operação mobilizou agentes em Parnaíba […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 29/09/2020, 13:39

A Polícia Federal deflagrou a operação para desarticular uma quadrilha que estava falsificando dinheiro e vendendo cédulas pelo WhatsApp. A operação mobilizou agentes em Parnaíba e São João da Serra, onde foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal.

Dez agentes da Polícia Federal foram mobilizados na Operação Pseudeia

A investigação apurou que a distribuição de moeda falsa estava sendo feita em todo o Piauí e para outros estados. A PF rastreou o telefone e a conta bancária usada para receber o dinheiro do comércio das cédulas falsas. O dinheiro era depositado numa conta da Caixa Econômica em Altos.

Na operação Pseudeia, a PF descobriu um laboratório que fabricava dinheiro falso em Parnaíba, com papel especial, tinta e impressora para isso.  Os envolvidos foram indiciados pelos crimes de falsificação de moeda, posse de apetrechos para falsificação de moeda e associação criminosa.

A quadrilha atuava vendendo cédulas falsas pelo WhatsApp, segundo a investigação da PF

A Operação foi denominada “Pseudeia” em referência ao daemon que, na mitologia grega, personificava as mentiras e as falsidades.

Fonte: PF/PI

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM