Propaganda do Governo do Estado do Piauí

Polícia

Polícia Civil deflagra Operação Proteu e prende oito pessoas por estelionato e associação criminosa

Segundo as investigações, os criminosos praticaram o golpe do “Falso Parente”

Publicado por: Caio Rabelo 26/06/2024, 09:20

A Polícia Civil do Piauí deu cumprimento na manhã de quarta-feira (26), a mandados de buscas e apreensões e prisões temporárias, realizadas nas cidades de Timon, Goiânia, Senador Canedo (Go) e Aparecida de Goiânia, expedidas pelo Juiz da Central de Inquéritos de Teresina, Valdemir Ferreira Santos, no âmbito da Operação Proteu, que investiga o crime de Estelionato – Art. 171 e Associação Criminosa – Art. 288 do Código Penal.

A ação foi coordenada pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), com apoio da Diretoria de Inteligência da PC-PI, em conjunto com a Polícia Civil de Goiás. Foram realizadas oito prisões até o momento.

Foto: Reprodução/SSP-PI

Segundo as investigações, os criminosos praticaram o golpe do “Falso Parente”, onde o criminoso se passa por parente da vítima, utilizando foto no perfil do WhatsApp. O suposto parente entra em contato com pais ou outros familiares informando que está com número de telefone novo, em seguida, pede dinheiro emprestado para conta de laranjas. De acordo com o delegado Humberto Mácola, coordenador da DRCI, enfatiza que a operação prossegue e novas prisões podem ser realizadas. “As investigações continuam para que todos os envolvidos na prática criminosa sejam responsabilizados”, destacou o delegado.

A Polícia Civil orienta a população a sempre ficar atenta a solicitações de dinheiro por parte de amigos e familiares por meio de aplicativos de conversas, devendo sempre confirmar o contato através de chamadas de vídeo ou de forma presencial.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM