Propaganda do Governo do Estado do Piauí

Política

Justiça condena prefeito por não prestar contas

CRISTALÂNDIA O juiz de Corrente, Carlos Marcello Sales Campos, condenou o prefeito de Cristalândia, Ariano Messias Nogueira Paranaguá. O prefeito foi acusado pelo Ministério Público […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 17/10/2019, 13:22

CRISTALÂNDIA

O juiz de Corrente, Carlos Marcello Sales Campos, condenou o prefeito de Cristalândia, Ariano Messias Nogueira Paranaguá. O prefeito foi acusado pelo Ministério Público por não prestar contas dos balancetes do município desde 2008.

Prefeito de Cristalândia, Ariano Messias, foi condenado, mas continua no cargo

O juiz condenou o prefeito Ariano Messias, em ação de improbidade administrativa, a perda da função pública, a perda dos direitos políticos por três anos, multa de quinze vezes no valor da salario recebido em 2009 no cargo de prefeito, e a proibição de contratar com o poder público.

O ex-prefeito Carlos Alberto do Nascimento também foi condenado com exceção da multa aplicada. Cabem recursos das condenações e o prefeito não foi afastado do cargo.

Segundo a denúncia do Ministério Público, Ariano Messias deixou de prestar do balancete anual de 2008. O ex-prefeito Carlos Alberto deixou de prestar contas do balancete anual de 2009 e dos balancetes mensais de novembro de 2008 a janeiro de 2010, caracterizando ato de improbidade administrativa.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM