Propaganda do Governo do Estado do Piauí

Política

Improbidade administrativa: Ministério Público pede condenação do prefeito Gil Carlos

Por Wanderson Camêlo O Ministério Público do Estado do Piauí expediu ação civil de improbidade administrativa pedindo a condenação do prefeito de São João do […]

Publicado por: Luciano Coelho 25/09/2020, 14:42

Por Wanderson Camêlo

O Ministério Público do Estado do Piauí expediu ação civil de improbidade administrativa pedindo a condenação do prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos Modesto Alves (PT), por conta do não cumprimento do piso salarial referente aos professores contratados.

Através de Inquérito Civil instaurado, o MP verificou suposta irregularidade nos valores dos vencimentos base dos docentes de São João do Piauí, por não observância do piso nacional do magistério. Na denúncia há informações dando conta de que o município não cumpria com a obrigação, o que foi constatado, segundo o Ministério Público, pelos documentos apresentados junto à denúncia.

Gil Carlos (Foto: reprodução/Facebook)

“Além de atingir a dignidade destas pessoas que merecem respeito, essa prática contribui para a deficiência do ensino público e por isso deve ser combatida, atribuindo a quem lhe deu causa a devida responsabilização”, afirmou o titular da 2ª Promotoria de Justiça de São João do Piauí, promotor Jorge Luís da Costa Pessoa.

O Ministério Público do Estado do Piauí requereu notificação para que o prefeito apresente (por escrito ou não) resposta em até quinze dias.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM