Política

Jeová Alencar analisa despesas da Câmara de Teresina e promete avaliar corte de gastos

O parlamento teresinense gasta mais com vereadores do que a Câmara de São Paulo

Publicado por: Wanderson Camêlo 15/10/2020, 10:11

Por Wanderson Camêlo

Depois de analisar um levantamento mostrando que a despesas da Câmara de Teresina são maiores do que as do parlamento paulistano, o vereador Jeová Alencar se colocou à disposição para efetuar um corte de gastos no sentido de desafogar as finanças do Município.

Entrada da Câmara Municipal de Teresina (Foto: Wanderson Camêlo/Teresina FM)

“Nós vereadores podemos estar fazendo uma avaliação e, da minha parte, não tem problema nenhum cortar custos, acredito até que tenha que ser feito. Estamos aqui para o debate.”, destacou o emedebista, presidente da Câmara de Teresina.

Como mostra uma análise comparativa, feita pela plataforma Custo Piauí com base em dados do IBGE, cada um dos 29 vereadores teresinenses tem direito a uma verba de gabinete de R$ 37 mil, além de 23 assessores. Fora o salário, que é de R$ 18.881, 22.

A plataforma Custo Piauí lida com a transparência dos órgãos públicos do estado (Foto: reprodução/Instagram)

O detalhe que chama atenção é que São Paulo, mesmo tendo um PIB R$ 680 bilhões maior do que o da capital piauiense, gasta menos com seus vereadores, em termos de verba indenizatória, e paga praticamente o mesmo salário que a Câmara de Teresina.

O parlamento paulistano, que conta com 55 vereadores, disponibiliza um salário de R$ 18.991,68, que podem ter até 18 assessores e gastar até R$ 25.884,36, valor referente à verba indenizatória.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM