Propaganda do Governo do Estado do Piauí

Política

Postagem envolvendo Doutor Pessoa gera troca de insultos entre jornalista e internauta em grupo de WhatsApp

A discussão se estendeu por praticamente uma hora

Publicado por: Wanderson Camêlo 12/11/2020, 14:43

O jornalista piauiense Tony Trindade, da Band-PI, não gostou nada de ver o nome presente em uma lista que, segundo consta em publicação feita em redes sociais, é de indicados do candidato Doutor Pessoa (MDB) para assumir secretarias caso ele vença a disputa pela prefeitura de Teresina. O jornalista é colocado na relação como opção para o comando da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

Tony Trindade (Foto: reprodução/redes sociais)

O print da suposta lista de indicados do emedebista foi divulgado, em um grupo de WhatsApp, por um perfil que possui no status apenas as iniciais “PH” e o número 45, fazendo alusão, ao que parece, ao candidato do PSDB à prefeitura da capital, Kleber Montezuma. Mais ou menos 4 minutos após a postagem, Tony se pronunciou classificando a informação de “fake news”. 

Lista de supostos indicados de Pessoa para assumir secretarias, caso ele vença a eleição, circula e redes sociais (Foto: reprodução)

Ele disse também que não colocou o nome à disposição de nenhum candidato para ser secretário.

“Não tenho nome disponível a ser secretário de nenhum candidato, apesar do meu respeito ao Dr Pessoa. Já tive o privilégio (e a dor) de ser secretário de comunicação do governo. No mais, essa é só mais uma das muitas fake news espalhadas pela cidade nesses tempos sombrios!”, escreveu o jornalista. 

Doutor Pessoa (com o microfone), candidato do MDB a prefeito da capital (Foto: reprodução/Facebook)

Tony Trindade contou com o apoio do candidato a vice na chapa de Pessoa, Robert Rios. “Fake é coisa de bandido”, publicou o ex-deputado no mesmo grupo, dando início a uma troca de farpas ríspida entre o suposto apoiador da chapa tucana e o jornalista.

“De bandidagem vcs entendem né [sic]. Invasões ilegais. Presos por escândalos. Tudo ou nada por uma eleição… E por aí vai. Uma verdadeira concepção de bandidagem. Não é?”, atacou o perfil responsável pela divulgação da lista.

O jornalista retrucou chamando o internauta de moleque e bandido. “Se refere a quem, moleque? ”. “Bandido contratado para atacar pessoas, sem mostrar a cara”, acrescentou.

Foto: reprodução/WhatsApp

“Preste atenção e tenha um pouco mais de cuidado com. Suas palavras”, ameaçou o responsável pelo perfil não identificado.

O embate se estendeu por praticamente uma hora. O internauta chegou a ser ameaçado de exclusão do grupo, caso não se identificasse, mas se manteve reticente, inclusive compartilhando fotos com ataques a Doutor Pessoa. 

Foto: reprodução/WhatsApp

Por meio de assessoria, o emedebista também afirmou que a lista se trata de “fake news”.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM