Política

Represália? Ciro exonera ex-prefeito, filiado ao PSD, que comandava diretoria na Funasa

Jonas Moura era diretor do Departamento de Engenharia de Saúde Pública da Fundação Nacional de Saúde

Publicado por: Wanderson Camêlo 12/01/2022, 09:26

Mal o PSD-PI confirmou que vai permanecer com Wellington Dias e o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, tirou das mãos do partido um cargo no governo federal. 

O comandante nacional do Progressistas resolveu exonerar o ex-prefeito de Água Branca Jonas Moura, filiado ao PSD, do cargo de diretor do Departamento de Engenharia de Saúde Pública da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Jonas Moura ao lado de Ciro Nogueira durante reunião entre os dois, em 17 de junho de 2021, em Brasília (Foto: Reprodução/Instagram)

A exoneração consta no Diário Oficial da União desta terça-feira (11).

Líder do principal grupo de oposição que vai lutar pela sucessão ao comando do Palácio de Karnak em 2022, Ciro Nogueira tentou várias vezes fechar acordo com o PSD. A promessa era abrir espaço para que o partido indicasse um nome para disputar o Senado.

Portaria de exoneração de diretor da Funasa filiado ao PSD (Foto: Reprodução/Diário Oficial da União)

O deputado federal Júlio César, presidente do PSD-PI, chegou a dar declarações à imprensa local demonstrando insatisfação com as cartas que foram colocadas na mesa por Wellington e dando a entender que a permanência na base não estava garantida.

A agremiação desejava a vaga de vice-governador, mas acabou se contentando com a oferta do petista, que foi a primeira suplência de senador. 

Fala-se que o não a Ciro pode resvalar também no ex-vereador Tiago Vasconcelos, presidente do PSD em Teresina. Ele ocupa a superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Piauí.

Matérias relacionadas:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM