Política

Vereadores do Progressistas viram as costas para o partido e manifestam apoio a Rafael Fonteles

O anúncio aconteceu nesta quinta-feira, 07, durante evento realizado pelo petista em Teresina

Publicado por: Wanderson Camêlo 08/07/2022, 16:19

Para a decepção do presidente do Progressistas no Piauí, deputado estadual Júlio Arcoverde, os vereadores Neto do Angelim (Progressistas) e Valdemir Virgino (Progressistas) confirmaram que vão mesmo é subir no palanque do pré-candidato ao comando do Palácio de Karnak, Rafael Fonteles (PT). A dupla tornou pública a adesão nesta quinta-feira, 07, durante evento organizado pelo próprio petista na capital.

O pré-candidato a vice de Fonteles, o emedebista Themístocles Filho (presidente da Assembleia Legislativa), também compareceu à reunião. Neto e Valdemir até apareceram em foto, ao lado de Rafael, fazendo gesto de apoio ao petista.

Valdemir Virgino, Rafael Fonteles e Neto do Angelim durante o evento desta quinta-feira, 07 (Foto: divulgação)

“A gente tentou por várias vezes um diálogo com o partido; a gente tentou a aproximação do partido […]. Eles mesmos nos jogaram para essa situação, a gente só fez oficializar uma situação em que o próprio partido já nos colocava no governo. Então, a gente resolveu seguir os nossos candidatos, tanto eu como o vereador Valdemir Virgino”, declarou Angelim. Valdemir Virgino não retornou o contato feito pela nossa reportagem.

Nos bastidores já se falava, desde o ano passado, que a dupla não iria apoiar o grupo do Progressistas, que tem Silvio Mendes (União Brasil), como pré-candidato ao executivo piauiense, na eleição deste ano.

O deputado Júlio Arcoverde, presidente do PP-PI (Foto: Wanderson Camêlo/Teresina FM)

A especulação não surgiu à toa: os dois dissidentes estão com as chapas proporcionais do time governista. Neto do Angelim apoia o deputado estadual Carlos Augusto (MDB) e fechou acordo com Florentino Neto (PT), pré-candidato a deputado federal. Virgino “puxa voto” para o deputado estadual Hélio Isaías e também vai reforçar o projeto do ex-secretário de Saúde do Piauí.

Não conseguimos contato com o presidente do Progressistas em Teresina, vereador Aluísio Sampaio, nem com Arcoverde para tratarmos sobre as “debandadas”.

Em entrevista à Teresina FM no mês passado, Júlio afirmou que a coalização formada para apoiar Silvio Mendes contaria, até o mês das eleições, com a presença de 16 vereadores da capital. Até momento, dos 29 nomes que integram o parlamento teresinense, apoiam a oposição: Evandro Hidd (PDT), Allan Brandão (PDT), Edson Melo (PSDB), Paulo Lopes (PSDB), Ismael Silva (PSD), Antonio José Lira (Republicanos), Jeová Alencar (Republicanos), Teresinha Medeiros (União Brasil) e Aluísio Sampaio (Progressistas).

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM