Propaganda do Governo do Estado do Piauí

PIAUÍ

Acusada e presa por compra de votos, vereadora de Geminiano tem mandato cassado 

A sentença condenatória saiu no último dia 26

Publicado por: Wanderson Camêlo 10/10/2023, 09:03

A vereadora Mariana Cipriano (Progressistas), de Geminiano, teve o mandato cassado por conta de crime eleitoral cometido em 2020. Ela chegou a ser presa sob a acusação de compra de votos.

A sentença condenatória saiu no último dia 26, portanto, quase três anos após o caso. Mariana poderá recorrer no cargo porque trata-se de uma decisão de primeiro grau.

A vereadora Mariana Cipriano (Progressistas), de Geminiano (Foto: Reprodução/Instagram)

Boa votação

A vereadora foi a mais votada na última eleição municipal de Geminiano, obteve 542 votos. 

Mariana Cipriano é filha do secretário de Saúde de Geminiano, José Genival de Sousa, mais conhecido como GG.

O caso de compra de votos

Mariana Cipriano foi flagrada por policiais militares, no dia 14 de novembro de 2020, portando (em um carro) uma lista e anotações de eleitores, além de material de campanha.

No veículo também foram encontrados R$ 4.300,00 em espécie. A então candidata estava acompanhada de um assessor.

Matéria relacionada:

Candidata a vereadora é presa, acusada de compra de votos, em Geminiano

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM