Propaganda do Governo do Estado do Piauí

Cidades

Ministério Público pede que prefeito exonere parentes de cargos da Prefeitura por nepotismo

Deverão ser exonerados três parentes do prefeito e um ocupante do cargo de assessor I no Município

Publicado por: Jade Luara 13/06/2024, 11:36

Matéria de Lays Viana

O Ministério Público do Piauí (MPPI) expediu uma recomendação ao prefeito de São João do Piauí, Ednei Modesto Amorim (MDB), para que sejam corrigidas ilegalidades na contratação de médicos na Prefeitura quanto às especialidades de psiquiatria, pediatria e neuropediatria.

Dessa forma, conforme o documento, deverão ser exonerados três servidoras que são parentes do chefe do Executivo, caracterizado como nepotismo.

O prefeito de São João do Piauí, Edinei Amorim (Foto: Instagram / Prefeitura de São do Piauí)

Além disso, foi solicitada a imediata exoneração, caso assim já não tenha sido feito, de um dos ocupantes do cargo comissionado de assessor I no Município de São João do Piauí.

A recomendação é assinada pelo promotor de Justiça Jorge Pessoa e orienta que os cargos sejam incluídos no concurso público que será realizado ainda neste ano no município, conforme divulgado pelo MPPI nessa quarta-feira (12).

Enquanto isso, por conta da inexistência dos cargos no município e da necessidade de atendimento à população, o promotor instruiu a Prefeitura realizar teste seletivo simplificado, obedecendo a Lei Municipal nº 357/2017, para contratação de médicos nessas especialidades.

O prefeito tem o prazo improrrogável de 10 dias úteis para se posicionar junto ao MPPI acerca do cumprimento da recomendação.

A equipe de reportagem da Teresina FM entrou em contato com a Prefeitura de São João do Piauí, mas até o momento não obteve resposta. O espaço segue aberto para esclarecimentos.

 

Com informações do Ministério Público do Piauí

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM