Banner de Aniversário
Gif sobre a atualização do site do detran pi.

Cidades

Robert Rios afirma que PMT iniciará vários investimentos ainda neste semestre

Ele ressalta que a nova gestão recebeu R$ 1,082 bilhão em dívidas e que tiveram que fazer um choque de gestão

Publicado por: Lilian Oliveira 06/07/2021, 15:47

Em entrevista ao JT2 da Teresina FM, nesta terça-feira (06), o vice-prefeito de Teresina e secretário de Finanças, Robert Rios, declarou que a prefeitura iniciará diversos investimentos ainda neste semestre. Ele ressalta que a nova gestão recebeu R$ 1,082 bilhão em dívidas e que tiveram que fazer um choque de gestão. Foram cortadas todas as extravagâncias e despesas.

“Não usamos carro e nem combustível do município. Não usamos telefone do município. Houve uma contenção da máquina e tivemos poucas nomeações. O dinheiro está sendo destinado para o servidor e recuperar a máquina. Consideramos que ainda este semestres faremos vários investimentos. No próximo ano deve ser extraordinário com o fim da pandemia, com a vacinação e a retomada da economia. Vamos ter diversos investimentos em Teresina”, disse o secretário.

Foto: Reprodução/ Teresina FM

Pagamento dos servidores públicos

Robert Rios garantiu que 100% dos servidores públicos, ativos e inativos, foram pagos. “E adiantamos em uma semana a folha de pagamentos”, disse. Respondendo a questionamentos de ouvintes da rádio, que relataram atrasos na folha de pagamento, Robert afirma que quem disse isso se equivocou.

“Doutor Pessoa (MDB) disse que o gasto que estamos fazendo na saúde coloca em dificuldade o pagamento da folha (…) ele não disse que ia atrasar”. afirmou.

Dívida no IPMT

No começo do mês de junho deste ano, o presidente do Instituto de Previdência Municipal de Teresina (IPMT), Kennedy Glauber, informou que a gestão anterior deixou uma dívida de R$ 152 milhões no IPMT.  De acordo com o presidente, o déficit atuarial da instituição é de mais de R$ 4 bilhões.

Devido a essa situação, aposentados temem ficar sem o pagamento. O secretário de Finanças afirmou que em curto-médio prazo não há possibilidade de atraso. No entanto, ele reconhece que é uma situação preocupante. “Se não recuperar esses ativos, um dia vai ter problema (Sic)”, destacou.

Confira a entrevista na íntegra:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM