Cultura

Gritamor é a jóia comemorativa desta edição

Por Alexandra Teodoro São três peças criadas especialmente para a edição do evento desse ano, a exemplo de anos anteriores.  Em 2019 a coleção faz […]

Publicado por: Wanderson Camêlo 21/06/2019, 13:02

Por Alexandra Teodoro

São três peças criadas especialmente para a edição do evento desse ano, a exemplo de anos anteriores.  Em 2019 a coleção faz referência à lenda de Porã e Anahi, a lenda do Gritador. Quem não conhece essa história de amor, pode ficar por dentro no estande do Sebrae, responsável pela consultoria para a confecção das peças em Opala.

 

Sobre a lenda:
A Lenda do Gritador fala de uma história de amor entre Porã e Anahi. Filha de Iberê e Nadi, perdeu-se de amor por Porã. O corajoso rapaz Crateús, todos os dias, subia as serras para se encontrar com a bela Anahí. Porém, um dia, o bravo guerreiro não apareceu mais, e, assim se sucederam todos os outros dias que se passaram. A pobre moça, desolada, corria para os penhascos, todos os dias, e gritava o nome do amado na esperança de encontrá-lo. De tanto gritar por Porã, Anahí foi definhando a cada dia, e a cada dia, menos da bela jovem se podia ver. Mahira, compadecido pela dor que consumia a beleza da jovem, amenizou o sofrimento criando um vento que subia o penhasco todas as vezes que o desespero dela tomava conta do vale chamando por Porã. Dali pra frente, todos os dias, ao chamá-lo, uma brisa suave se erguia, ganhava força e, através dos matões ia encontrar-se com a bela cunhã, acariciando seu rosto e sussurrando, docemente, em seus ouvidos, ANAHÍ. Era o penhasco devolvendo o amor perdido de Anahí.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM