Banner de Aniversário
Gif sobre a atualização do site do detran pi.

Economia

Câmara Brasil/China vai alavancar negócios no Piauí

A Federação das Indústrias do Estado do Piauí lança hoje às 18 horas a Câmara de Comércio entre o Brasil e a China. A Câmara […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 21/08/2019, 13:47

A Federação das Indústrias do Estado do Piauí lança hoje às 18 horas a Câmara de Comércio entre o Brasil e a China. A Câmara será presidida pelo empresário Paulo de Tarso Filho que, em entrevista à Teresina Fm 91,9, destacou as potencialidades dos investidores da China no Piauí, principalmente nas áreas de alimentos, minérios e energias renováveis.

“Nossa intenção é estreitar esse comércio, que tem uma escala gigantesca. Essa relação Brasil/China já tem 16 anos. O Piauí tem muito a oferecer em termos de matéria prima  e o chinês tem vontade de investir. Estive na China em 2005 e hoje a China cresceu três vezes mais do que era naquele tempo”, informou Paulo de Tarso.

Paulo de Tarso Filho lança a Câmara Comercial Brasil/China hoje às 18 horas na FIEPI

Segundo ele, o chinês se sofisticou e ampliou os mercados. A China está buscando negócios no Piauí com a produção de alimentos, minérios e energia limpa. A China é onde tem as maiores fábricas de painéis solares. “Eles querem oportunidades para investimentos e nós temos isso”, assinalou.

O lançamento da Câmara de Comércio Internacional contará ainda com representantes da FIESP e da Associação Comercial do Rio de Janeiro e de São Paulo, além de entidades do governo e das prefeituras, bem como os empresários locais.

“Hoje a balança comercial do Brasil é superavitária em relação a China. Vendemos mais do que compramos. São mais de R$ 15 bilhões a mais nessa balança comercial. “Aqui temos muitos empresários que já fazem parte deste comércio. Temos o Damásio, o João Claudino Júnior, o João da FerroNorte, produtores de mel, dentre outros”, assinalou Paulo de Tarso.

O presidente da Câmara ainda advertiu que devido a guerra comercial entre os Estados Unidos e a China a tendência é aumentar exponencialmente os negócios do Brasil com a China.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM