Propaganda do Governo do Estado do Piauí

Economia

Famílias que fraudavam Bolsa Família terão de devolver R$ 140 mil

Depois de um cruzamento de dados, foi constatado que pelo menos 91 famílias terão que devolver cerca de R$ 141 mil aos cofres públicos por […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 13/12/2019, 08:27

Depois de um cruzamento de dados, foi constatado que pelo menos 91 famílias terão que devolver cerca de R$ 141 mil aos cofres públicos por não estarem atendendo os critérios do programa Bolsa Família. Segundo a coordenação do programa, o recebimento seria ilegal.

As famílias que recebiam os recursos indevidamente estão sendo notificadas e deverão se dirigir à Receita Federal. A família que não realizar o pagamento fica com o CPF negativado.

Coordenador do Bolsa Família no Piauí, Roberto Oliveira, informou sobre o cruzamento de dados

O coordenador do Bolsa Família no Piauí, Roberto Oliveira, disse que algumas pessoas se inscrevem no programa de má fé. “Pessoas que mesmo sabendo que não estão dentro do perfil do programa, vão ao CRAS, dão informação falsa, escondem a sua remuneração, escondem algum membro da família que tem uma remuneração”.

“É um número bem insignificante em relação ao universo de famílias aqui no estado”, afirmou Roberto Oliveira, frisando que no Piauí são 444 mil famílias que recebem R$ 180 milhões por mês.

As famílias que não se enquadram no programa terão que devolver o dinheiro ou terão os CPFs suspensos

Há uma auditoria permanente que cruza os dados do programa com outros bancos de dados, provando assim as fraudes entre beneficiários.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM