Cidades

Projeto Táxi-lotação não vai oferecer alternativa de percurso entre um bairro e outro

O projeto foi de autoria do vereador Leonardo Eulálio (PL)

Publicado por: Camila Sampaio 04/06/2021, 11:35

O projeto ‘táxi-lotação’, que visa ser uma alternativa de transporte para a população de Teresina, ainda não tem resolução para o problema de integração entre um bairro e outro. O tema foi discutido nesta manhã de sexta-feira (04) durante entrevista ao JT1 da Teresina FM, com Pedro Ferreira, Presidente da Cooperativa de taxistas do Piauí.

Captura de tela com Pedro Ferreira.

O PL propõe que táxis possam percorrer as mesmas vias dos ônibus (centro-bairro), mas o presidente ressaltou que a integração de um bairro para o outro não foi discutida na proposta, assim como a possibilidade de gratuidade para algum grupo de idosos ou estudantes, como já existe nos ônibus.

Como os veículos vão suportar até quatro pessoas, o presidente da cooperativa, quando provocado sobre a possibilidade de transmissão do vírus, informou que todos os táxis vão ter álcool em gel, as pessoas vão usar máscara e os vidros dos carros vão sempre estar abaixados. Ele confia também que com o progresso da vacina, esse problema não vai persistir por muito tempo.

Quanto às críticas dos ouvintes da Teresina FM durante a entrevista sobre o valor de R$ 5,00 sugerido pelo táxi-lotação, Pedro comenta: “Nós não somos a solução do transporte público de Teresina, nós sabemos que o transporte está com um problema seríssimo. Nós somos apenas uma opção para a população.”

 

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM