Economia

Mais de 6 mil aposentados e pensionistas do Piauí têm benefício bloqueado após prazo da prova de vida

De acordo com o presidente da PiauíPrev, beneficiários ainda podem reaver dinheiro se realizarem o procedimento

Publicado por: Eric Souza 24/11/2021, 07:46

A Fundação Piauí Previdência (PiauíPrev) bloqueou o benefício de 6 mil aposentados e pensionistas que não realizaram a prova de vida anual exigida pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). No estado, o processo foi realizado por meio de um aplicativo digital (Meu RPPS) e se estendeu até 31 de outubro.

Ricardo Pontes alerta para suspensão do benefício de pensionistas (Foto: Divulgação/PiauíPrev)

Segundo o presidente da fundação, Ricardo Pontes, os beneficiários com pendências (cerca de 1,3 mil) terão o pagamento suspenso a partir deste mês. “De um universo de 44 mil aposentados e pensionistas, mais de 37,6 mil realizaram o procedimento. O sistema do Meu RPPS permanece aberto, então as pessoas que não fizeram a prova de vida ainda podem acessá-lo”, explicou em entrevista ao JT1 da Teresina FM nesta quarta-feira (24).

O gestor esclareceu que o dinheiro bloqueado será devolvido assim que o beneficiário regularizar sua situação. O pagamento apenas será cortado em definitivo se o processo não for realizado dentro de seis meses.

Pontes citou ainda casos em que os pensionistas falecem e suas famílias não informam o fato à PiauíPrev. “Nestas ocasiões, verificamos os dados bancários da pessoa e, caso constatarmos depósitos irregulares, solicitamos aos bancos o estorno das quantias”, afirmou o presidente, acrescentando que a fundação empreende um levantamento de óbitos com apoio de sistema do governo federal.

Passo a passo – Aplicativo Meu RPPS

Beneficiários podem realizar prova de vida virtualmente (Foto: Divulgação/Governo do Piauí)

Após instalar o aplicativo Meu RPPS e selecionar o Estado do Piauí, o segurado deverá cadastrar-se e criar uma senha de acesso, informando alguns dados preliminares a fim de garantir a segurança.

A partir disso, o beneficiário deverá acessar o menu referente à prova de vida, na tela inicial, e seguir os passos solicitados: enviar fotografia de um documento de identidade oficial (frente e verso), registrar uma captura de movimento através da câmera do celular e, por fim, tirar um autorretrato (selfie) e enviar. A comprovação digital será realizada por meio da validação da biometria facial, devendo o beneficiário acompanhar o resultado por meio do próprio aplicativo.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM