Economia

Piauí contabilizou mais de 2 mil vagas de emprego em maio, segundo Caged

De acordo com os dados, mercado de trabalho registrou 11.789 admissões e 9.111 desligamentos

Publicado por: Caio Rabelo 28/07/2022, 08:04

Dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que, em maio deste ano, o mercado de trabalho formal piauiense conseguiu mais admissões do que desligamentos. O resultado mensal foi um saldo positivo de 2.678 postos de trabalho: são 11.789 admissões e 9.111 desligamentos.

Em um intervalo de quatro meses, Piauí registrou 6 mil novas contratações (Foto: Divulgação)

Em números totais, o estoque de trabalhadores formalizados finalizou o mês com 306.674 empregos formais, o que representa uma variação positiva de 0,88% em comparação a abril.

O Piauí está em seu quarto mês consecutivo de crescimento no que diz respeito ao número de postos de trabalho formais. Em fevereiro foram 1.724 postos criados; em março, 763; em abril, 960; e, em maio, 2.678, totalizando, nesse recorte, 6.125 novas contratações.

No relatório consta ainda dados detalhados das pessoas contratadas em maio. As vagas de emprego formal neste mês foram ocupadas por 1.023 mulheres e 1.655 homens.

Tabela de admissões e desligamentos no mercado de trabalho do Piauí (Foto: Reprodução/Caged)

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foi criado como registro permanente de admissões e dispensa de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). É utilizado pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais.

Este Cadastro serve ainda como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM