Esporte

Brasil atropela a Rússia e se recupera na Liga das Nações

Foi uma festa bonita no Ginásio Nilson Nelson, no Distrito Federal. Com arquibancadas lotadas, a seleção brasileira feminina respondeu bem em quadra, teve atuação consistente […]

Publicado por: Wanderson Camêlo 24/05/2019, 10:17

Foi uma festa bonita no Ginásio Nilson Nelson, no Distrito Federal. Com arquibancadas lotadas, a seleção brasileira feminina respondeu bem em quadra, teve atuação consistente e dominou a Rússia nesta quinta-feira, no encerramento da etapa de Brasília da Liga das Nações: vitória com autoridade por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/17 e 25/14.

Após derrota para a República Dominicana na quarta-feira, o time de José Roberto Guimarães mostrou evolução em todos os fundamentos diante da jovem equipe russa. Destaques para Paula Borgo, com 17 pontos, e o paredão liderado por Mara: foram 14 pontos de bloqueio da seleção brasileira na partida, para a festa dos quase 10 mil torcedores.

Com o resultado, o Brasil fecha a primeira etapa da Liga das Nações com duas vitórias e uma derrota. O time embarca já nesta sexta-feira para a Holanda, onde enfrenta na próxima semana as donas da casa, a Polônia e a Bulgária pela segunda etapa da fase de classificação.

Jogo coletivo do Brasil; festival de erros da Rússia

Diferentemente das duas primeiras partidas, quando o ataque brasileiro ficou bastante concentrado na capitã Gabi, contra a Rússia, a levantadora Macris pôde diversificar a distribuição. Todas as titulares anotaram ao menos cinco pontos.

A seleção brasileira também foi beneficiada pelo alto número de erros da Rússia: foram 23 pontos para as donas da casa em falhas das adversárias. Disputando esta etapa sem as principais jogadoras, o jovem elenco russo aparentemente sentiu a pressão no ginásio lotado.

Aula de bloqueio

Cobrado por Zé Roberto após a derrota para as dominicanas, o bloqueio brasileiro cresceu demais. A central Mara – quatro pontos nesse fundamento – marcou com eficiência a capitã russa Ekaterina Efimova, que vinha sendo destaque do time na competição atacando pelo meio. Sem sobrecarga ofensiva, Gabi também apareceu muito bem na rede, onde anotou outros quatro pontos.

Estrela de Tainara

Estreando na seleção principal nesta etapa de Brasília da Liga das Nações, a jovem ponteira Tainara, de 19 anos, ganhou bastante tempo de quadra nesta quinta-feira e mostrou que tem estrela. Foram dela os pontos que fecharam os dois últimos sets da partida.

– Tenho que agradecer ao Zé (Roberto) por ter confiado em mim. Foi muito importante ter essa visibilidade, ter entrado e dado conta do recado. Gostei muito, me senti bem, espero que seja assim mais vezes – disse Tainara.

Classificação

Com a vitória, o Brasil fecha a etapa de Brasília com duas vitórias e uma derrota na Liga das Nações. Os resultados colocam a seleção na quinta colocação na tabela da competição.

Foto: Brito Júnior / Banco do Brasil

Fonte: GE
Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM