Banner de Aniversário
Gif sobre o fundo estadual dos direitos da criança e do adolescente.

Geral

Tribunal de Justiça suspende paralisação e manda médicos atenderem pacientes

O desembargador Edvaldo Pereira Moura determinou a suspensão da paralisação dos médicos  que começou na terça (16) e deveria ser encerrada  hoje (19). O desembargador estipulou multas […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 19/07/2019, 12:37

O desembargador Edvaldo Pereira Moura determinou a suspensão da paralisação dos médicos  que começou na terça (16) e deveria ser encerrada  hoje (19). O desembargador estipulou multas diárias pelo descumprimento para o Sindicato dos Médicos e para o Governo do Estado, que deve fazer os investimentos em saúde.

Edvaldo Moura determinou a manutenção de consultas, exames e cirurgias agendadas, sob pena de multa no valor de R$ 2 mil por dia, em favor do Estado do Piauí.

Desembargador Edvaldo Moura determinou o retorno do atendimento à população

O desembargador ordenou ainda que os administradores de cada hospital informe sobre todos os insumos, materiais, medicamentos e equipamentos básicos, para atendimento da população que procura serviços médicos nos hospitais estaduais, sob pena de multa diária de R$ 5 mil em favor do Sindicato dos Médicos do Piauí (Simepi).

Ele também determinou que o Estado apresente imediatamente o plano de investimentos para a prestação dos serviços de saúde, das instalações físicas dos hospitais, bem como de planos de efetividade na segurança e saúde dos trabalhadores médicos, sob pena de multa diária de R$ 2 mil.

Presidente do Sindicato dos Médicos do Piauí, Samuel Rêgo, disse que ainda não tinha sido notificado

Edvaldo Moura considera a importância das reivindicações dos médicos, mas o direito à saúde da população se sobrepõe a isso. E quem está doente não pode esperar.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM