Banner de Aniversário
Gif sobre a atualização do site do detran pi.

Geral

Sacrifício de cachorros por eletrocução acontece em Barras (PI)

O procedimento correto de eutanásia é todo injetável

Publicado por: FM No Tempo 20/07/2021, 11:01

Nas redes sociais estão circulando imagens de animais, principalmente cachorros, sendo sacrificados por eletrocução. As imagens seriam da cidade de Barras (PI).

Foto: Redes Sociais / Reprodução

De acordo com Paulo Marques, gerente do Centro de Zoonoses, essa prática de sacrifício por eletrocussão é indevido em animais de pequeno porte, como cachorros. Mais informações a respeito disso foram dadas pelo gerente em entrevista ao JT1 da Teresina FM 91,9, nesta terça-feira (20).

Segundo o entrevistado, O centro de zoonoses de Teresina pratica a eutanásia nos animais em duas situações. A primeira é quando o cachorro testa positivo para calazar, e a segunda é quando possuem doenças terminais, e a eutanásia serviria para diminuir o sofrimento do animal.

Foto: Redes sociais / Reprodução

“ O choque elétrico foi utilizado há anos, há décadas. Eu não tenho conhecimento de uma legalidade, hoje, para executar esse animal”, diz Marques a respeito do sacrifício dos animais de pequeno porte.

Captura de tela da entrevista no canal do Youtube da Teresina FM.

O procedimento de eutanásia no centro de zoonoses

Durante a conversa, Paulo relatou o passo a passo do procedimento, que consiste em aplicar um tranquilizante, para que o animal fique relaxado, logo após acontece a aplicação de anestésicos com o efeito geral, no qual ele perde a consciência. Para finalizar se aplica um produto que produz uma parada cardíaca imediata, para que o animal não sinta dor.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM