Banner de Aniversário

Geral

Aumento da atividade informal reduz a desocupação no Piauí, aponta IBGE

As informações foram obtidas através da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) do IBGE

Publicado por: Lilian Oliveira 30/11/2021, 14:30

O Piauí apresentou, no terceiro trimestre de 2021, uma queda na taxa de desocupação, registrando 11,9% de pessoas desocupadas no estado. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o IBGE, no trimestre passado, esse indicador havia sido de 15,3%, o que demonstra uma queda de 3,4 pontos percentuais. “Em termos quantitativos, no terceiro trimestre do ano, havia 173 mil pessoas desocupadas no estado, cerca de 48 mil a menos que no segundo trimestre”, informou o IBGE. 

Foto: Divulgação/IBGE

A taxa de desocupação do Piauí (11,9%) ficou abaixo da média apresentada para o país (14,2%), e é a menor do Nordeste e a 16ª maior do país.

Foto: Reprodução/ Eduardo Costa (Teresina FM)

Essa diminuição, conforme o IBGE, está diretamente ligada a um aumento da atividade informal. O número de pessoas que estão trabalhando no setor privado, sem carteira de trabalho assinada, saltou de 188 mil pessoas ocupadas no segundo trimestre de 2021, para cerca de 213 mil pessoas, um aumento de 25 mil pessoas na ocupação, o equivalente a uma elevação de 13,1% entre os dois trimestres.

No Piauí, houve um aumento de pessoas que trabalham por conta própria sem registro de sua atividade no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da Secretaria da Receita Federal. 

Passou de 356 mil pessoas no segundo trimestre de 2021 para cerca de 383 mil pessoas, um aumento de 27 mil pessoas a mais nesse segmento de atividade, uma elevação de 7,6% no período. 

Se comparar o terceiro trimestre de 2021 com o mesmo trimestre do ano passado, houve um aumento de 25,3%. A soma total saltou de 306 mil pessoas ocupadas para 383 mil pessoas, um aumento de 77 mil pessoas ocupadas no período. Nessa época, era maior o efeito das restrições sanitárias por conta da pandemia da Covid.

Principais atividades com aumentos da ocupação no terceiro trimestre

O crescimento da ocupação no mercado de trabalho piauiense, no terceiro trimestre de 2021, teve concentração em alguns setores da economia, como o setor do comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas, que tinha 238 mil pessoas ocupadas no segundo trimestre de 2021 e passou para 266 mil pessoas, um aumento de 28 mil pessoas, o equivalente a 11,6% de aumento.

Na sequência, o setor de alojamento e alimentação, que tinha cerca de 53 mil pessoas ocupadas no segundo trimestre de 2021 e passou para 73 mil pessoas ocupadas, um aumento de 20 mil pessoas, o que equivale a uma elevação de 36,1%.

Outro destaque foi o setor da indústria geral, que apresentava 72 mil pessoas ocupadas no segundo trimestre de 2021 e passou para cerca de 90 mil pessoas, um aumento de 18 mil pessoas, o equivalente a uma elevação da ordem de 24,8%. 

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM