Banner de Aniversário
Gif sobre o fundo estadual dos direitos da criança e do adolescente.

Geral

Reino Unido aprova segundo medicamento contra o coronavírus

É o segundo medicamento contra a Covid-19 aprovado pelo Reino Unido; remédio atua a base de anticorpos monoclonais de longa duração

Publicado por: Lilian Oliveira 03/12/2021, 20:01

A agência de medicamentos do Reino Unido (MHRA, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira (2) a aprovação do tratamento da GlaxoSmithKline (GSK) contra o coronavírus a base de anticorpos monoclonais de longa duração. O laboratório afirma que esse remédio atua até mesmo contra a nova variante ômicron, que foi identificada na África do Sul.

Técnica de enfermagem coloca luvas cheias de água quente nas mãos de paciente com coronavírus no interior de São Paulo (Foto: Amanda Perobelli/Reuters)

A agência de medicamentos do Reino Unido (MHRA, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira (2) a aprovação do tratamento da GlaxoSmithKline (GSK) contra o coronavírus a base de anticorpos monoclonais de longa duração. O laboratório afirma que esse remédio atua até mesmo contra a nova variante ômicron, que foi identificada na África do Sul.

O sotrovimab, nome do remédio, se mostrou “seguro e eficaz para reduzir os riscos de hospitalização e de morte nas pessoas com Covid-19 de leve a moderada e com risco grave de desenvolver uma forma severa da doença“, afirmou a MHRA em um comunicado.

A GSK afirmou que o tratamento atua contra as mutações chave da nova variante ômicron.

“O sotrovimab demonstrou que atua contra todas as variantes de preocupação e de interesse definidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS)”, afirmou o laboratório.

De acordo com a MHRA, apenas uma dose do medicamento pode reduzir o risco de hospitalização e de morte em 79% em adultos considerados de alto risco infectados e com sintomas.

O remédio é para pessoas com sintomas leves a moderados que podem desenvolver uma doença mais grave. A agência britânica recomendou o uso a partir do quinto dia de sintomas.

O remédio foi desenvolvido em associação com o laboratório Vir Biotechnology, dos Estados Unidos.

No fim de junho, a Comissão Europeia classificou o tratamento como um dos cinco mais promissores contra o coronavírus.

O sotrovimab é o segundo tratamento contra o coronavírus aprovado em um mês pelo Reino Unido, depois do molnupiravir, comprimidos do laboratório americano Merck Sharp & Dohme (MSD), que recebeu autorização em novembro.

Fonte: G1

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM