Banner de Aniversário
Gif sobre o fundo estadual dos direitos da criança e do adolescente.

Geral

Queima de fogos na Expoapi assusta cavalos e causa acidentes na rodovia BR-343

Secretaria de Agronegócio afirma que organização do evento não foi responsável pelo incidente

Publicado por: FM No Tempo 09/12/2021, 08:29

Um grave incidente ocorreu na 70ª Exposição Agropecuária do Piauí (Expoapi), na noite desta quarta-feira (8), durante a apresentação de um dos artistas anunciado pelo evento. Após a utilização de fogos de artifício, cavalos que estavam na área interna do parque se assustaram e fugiram da feira, causando acidentes com carros na rodovia BR-343; um animal veio a óbito no local.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em imagens e vídeos que circulam nas redes sociais, é possível ver animais feridos e veículos danificados. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que esteve no local, um veículo com quatro pessoas colidiu contra um cavalo em frente ao Parque de Exposições Dirceu Arcoverde. Todos os passageiros saíram ilesos, e o animal atingido saiu em disparada. Outros dois acidentes, somente com danos materiais, ocorreram logo em seguida.

À reportagem da Teresina FM, o deputado estadual João Madison (MDB), presidente da Associação Piauiense de Criadores de Zebu (APCZ) e um dos organizadores do evento, reconheceu a gravidade do incidente, mas enfatizou que os realizadores da Expoapi não podem ser culpabilizados pelo ato que classificou como “irresponsável”.

“Não esperávamos o que aconteceu, fomos pegos de surpresa. É notório que não pode haver soltura de fogos devido ao barulho que incomoda os animais. Infelizmente o pessoal da banda desrespeitou a norma, e o que houve com os cavalos foi uma tragédia. Tomamos todas as providências e não perdemos vidas humanas, graças a Deus”, declarou o parlamentar.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

A forte repercussão gerada imediatamente fez com que a Secretaria Estadual do Agronegócio e Empreendedorismo Rural (Seagro), ao lado da APCZ e a Associação de Vaquejada do Piauí, emitisse uma nota de esclarecimento na manhã desta quinta-feira (9).

De acordo com o órgão e as entidades, a Expoapi é realizada com o apoio do Governo do Estado e não foi responsável pela queima de fogos. Além disso, segundo o texto, “todas as providências foram imediatamente adotadas para dar assistência às pessoas e animais envolvidos nessa fatalidade”.

No mês passado, o governador Wellington Dias (PT) sancionou a Lei nº 7.643, que proíbe o manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de artifício com efeito sonoro ruidoso no Piauí. Apenas fogos não barulhentos e estritamente visuais são permitidos.

Confira a íntegra da nota divulgada por Seagro, APCZ e Associação de Vaquejada:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A SECRETARIA ESTADUAL DO AGRONEGOCIO E EMPREENDEDORISMO RURAL, APCZ – ASSOCIAÇÃO PIAUIENSE DE CRIADORES DE ZEBU e a ASSOCIAÇÃO DE VAQUEJADA DO PIAUI, como gestores e fiscalizadores da 70ª EXPOAPI, vêm a público esclarecer o ocorrido na noite do dia oito de dezembro, onde a produção de um dos artistas que se apresentava durante o evento ao se utilizar de efeitos especiais e pirotécnicos, assustou alguns cavalos que estavam na área interna do parque que acabaram fugindo das redomas e ocasionaram um acidente com carros que trafegavam na BR 343.

É de suma importância esclarecer que a EXPOAPI se trata de um evento que tem o apoio do Governo do Estado do Piauí e incorre em estrita observância e obediência a Lei de nº 7.643 de 26 de novembro, que proíbe o manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de estampidos e de artifícios que possuem efeito sonoro ruidoso no Piauí.

Por tal motivo, é de se salientar que a queima de fogos não foi realizada pela organização do evento, que sempre cumpriu com o seu papel de forma íntegra e contumaz, tomando todos os cuidados e medidas necessárias para que a segurança seja priorizada em total observância a lei.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM