Geral

Presidente do TJ-PI promete divulgar até abril resultado do concurso dos cartórios

Certame teve início em 2013 e foi suspenso após divergências sobre documentação da prova de título

Publicado por: Eric Souza 14/01/2022, 12:08

Matéria de Wanderson Camêlo e Eric Souza

O desembargador José Ribamar Oliveira, presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), prometeu divulgar o resultado do concurso dos cartórios piauienses até abril deste ano. A declaração foi dada à imprensa durante a visita do prefeito Dr. Pessoa (MDB) à sede da Corte.

“A corregedora nacional do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) esteve aqui e procurou saber a razão da demora; deve-se aos questionamentos dos próprios concursandos, que ficam interpondo recursos a cada resultado. Mas acredito que até abril está finalizado”, afirmou.

José Ribamar Oliveira, presidente do Tribunal de Justiça (Foto: Divulgação/TJ-PI)

O certame teve início em 2013, mas foi suspenso dois anos depois após divergências sobre data limite para recebimento de documentos para a prova de título.

O edital não tinha data limite para obtenção dos cursos a serem apresentados e que as informações sobre a etapa estariam no edital de convocação. Além disso, determinava que casos omissos iam ser analisados pela banca examinadora e comissão de seleção. Isso permitiu questionamentos dos candidatos junto ao CNJ e à impetração de recursos.

Sobre os recursos orçamentários destinados ao TJ-PI em 2022, o desembargador criticou a redução gradual da quantia ano após ano, ao invés de acompanhar os rendimentos do estado. “No final, ficamos com aproximadamente R$ 700 milhões, mas precisamos de um pouco mais de R$ 850 milhões. Se houver necessidade de um dispêndio maior, certamente o governador nos atenderá”, salientou.

Oliveira informou ainda que a Corte realizará outro concurso público, com cerca de 100 vagas, a maioria para analistas administrativos e judiciários. “Estamos com comissão formada e vamos selecionar a banca organizadora do certame, cujo edital será lançado em breve”, declarou.

Matéria relacionada:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM