Banner de Aniversário

Geral

Escritor e guru bolsonarista Olavo de Carvalho morre nos EUA aos 74 anos

Presidente Bolsonaro lamentou o falecimento; autor havia sido diagnosticado com Covid-19 no dia 16 de janeiro

Publicado por: FM No Tempo 25/01/2022, 09:59

O escritor bolsonarista Olavo de Carvalho faleceu, aos 74 anos, na noite de 24 de janeiro. A notícia da morte foi comunicada pela família nas redes sociais do autor. Segundo a postagem no Twitter, o guru da família Bolsonaro estava hospitalizado na região de Richmond, no estado da Virgínia (EUA).

Olavo de Carvalho, escritor e ideólogo da direita brasileira (Foto: Agência O Globo)

Olavo de Carvalho foi diagnosticado com Covid-19 em 16 de janeiro – à época, a notícia foi compartilhada em seu grupo oficial de Telegram. Oficialmente, porém, a causa da morte ainda não foi divulgada.

Em seu perfil, também no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro lamentou a morte: “Nos deixa hoje um dos maiores pensadores da história do nosso país, o Filósofo e Professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho. Olavo foi um gigante na luta pela liberdade e um farol para milhões de brasileiros. Seu exemplo e seus ensinamentos nos marcarão para sempre”, escreveu.

Internação e vinda ao Brasil

Em julho do ano passado, o escritor – ferrenho crítico às universidades públicas brasileiras – havia sido internado às pressas no Instituto do Coração, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (InCor), em São Paulo.

Naquela ocasião, foi submetido a uma cirurgia renal (um mês antes, Olavo tinha operado um câncer na bexiga, nos EUA). Depois de receber alta, teve novas complicações e passou mais de quatro meses internado na clínica Saint Marie, na Zona Sul da capital paulista.

Internado, Olavo recebe visita da esposa Roxane (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

No dia 9 de novembro, ainda internado, Olavo recebeu uma intimação para depor no inquérito sobre a existência de milícias digitais. No dia seguinte, ele fugiu da clínica e, no dia 13 de novembro, voltou para os Estados Unidos.

Olavo de Carvalho, que nasceu em Campinas, interior de SP, em 1947, era cardiopata e portador da Doença de Lyme, infecção transmitida por carrapatos. Autointitulado professor de filosofia e apoiador do conservadorismo, o escritor deixa a esposa, Roxane, oito filhos e 18 netos.

Teorias conspiratórias

Desde 2005 ele estava autoexilado nos Estados Unidos. No Brasil, foi colunista de publicações como O GLOBO, Jornal do Brasil,  Folha de S. Paulo, Zero Hora, entre outras.

Conhecido como “guru bolsonarista” e ícone do conservadorismo no Brasil, Olavo de Carvalho foi autor de alta vendagem. Entre 2013 e 2019, os livros “O imbecil coletivo” (2013) e “O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota” (2018), títulos que eram editados pela Record, venderam 400 mil exemplares.

Em jantar nos EUA, Olavo encontra Bolsonaro e ex-ministro Ernesto Araújo (Foto: Alan Santos/PR)

No ano passado, a editora decidiu não renovar seu contrato pelo “posicionamento antidemocrático” do escritor e influenciador bolsonarista, que já teve contas suspensas em redes sociais por propagar fake news e discursos de ódio.

Olavo era adepto convicto de teorias da conspiração como a do “marxismo cultural”. Segundo essa visão propagada em suas obras e cursos de filosofia online, existe uma elite composta pela esquerda mundial, a mídia, artistas, universidades, cientistas, organizações não governamentais e grandes empresários, que atuam para impor o comunismo no planeta.

Fonte: O Globo

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM