Geral

“A Guarda Civil de Teresina ainda não está legalizada junto ao Ministério da Justiça”, afirma coronel Nixon Frota

O ex-comandante da GCM foi entrevistado no JT2

Publicado por: Lilian Oliveira 19/05/2022, 15:44

O ex-comandante da Guarda Civil Municipal de Teresina (GCM),Coronel Nixon Frota, afirmou nesta quinta-feira (19), em entrevista ao Jornal da Teresina 2º edição, que o órgão ainda não está legalizado junto ao Ministério da Justiça. Sem a validação, a entidade não consegue captar recursos federais.   

Em março deste ano, Nixon Frota deixou o comando da secretaria da coordenadoria de Segurança de Teresina, onde atuou inicialmente como comandante da GCM e logo depois como coordenador. 

Nixon Frota no estúdio da Teresina FM (Foto: Divulgação)

O ex-gestor saiu do cargo com o sentimento de “frustração” por promessas que não foram cumpridas, como a criação do Fundo Municipal de Segurança Pública e a criação do estatuto da guarda. 

“No primeiro semestre, entregamos a proposta da criação do Fundo Municipal de Segurança Pública, no qual poderíamos captar recursos de diversas fontes. Esse fundo seria aplicado exclusivamente na segurança pública do município. Também não foi possível a criação do estatuto da guarda. Os guardas têm essa necessidade”, disse. 

Ele destacou, inclusive, que as propostas fazem parte da lista de requisitos para legalização da guarda junto ao Ministério da Justiça. 

O coronel contou que uma das principais exigências foi cumprida. “Colocamos um guarda civil no comando da entidade, esse requisito foi cumprido”. A gestão da GCM foi passada para o guarda civil André Viana. 

A principal queixa do ex-coordenador é em relação à estrutura da GCM. Nixon argumenta que não são dadas condições, principalmente financeiras, para que a corporação realize seus serviços. “Falta vontade política. Não tem o mínimo para fazer o necessário. Falta apoio e estrutura adequada”, pontuou.   

Nixon revelou ainda que desejava abandonar o cargo muito antes, mas postergou a decisão. O ex-comandante do 25° Batalhão de Caçadores anunciou recentemente a sua filiação ao PSD para disputar uma vaga na Câmara Federal nas eleições de outubro.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM