Geral

Homem morre eletrocutado e Justiça condena Equatorial Piauí a indenizar mãe da vítima em R$ 300 mil

Empresa vai recorrer da decisão

Publicado por: Lilian Oliveira 04/08/2022, 18:16

A Empresa Equatorial Piauí foi condenada pela justiça a pagar indenização de R$ 300 mil à mãe de um homem que morreu por conta de uma descarga elétrica. A fatalidade aconteceu em 2015, no povoado Urucus, na cidade de Madeiro, Norte do Piauí.

A vítima trafegava em um animal quando colidiu com fios de alta tensão instalados de forma inadequada em poste de madeira, de responsabilidade da empresa. Por conta do choque elétrico, o homem sofreu uma parada cardíaca e veio a óbito.   

Justiça condena Equatorial Piauí por danos morais (Foto Ilustrativa: Divulgação/Equatorial)

Ao apreciar o caso, o juiz Thiago Aleluia, da Vara Única da Comarca de Luzilândia, destacou que a concessionária foi omissa em fiscalizar rotineiramente suas instalações para evitar a ocorrência de ligações irregulares e infortúnios.

A sentença de piso condenou a Equatorial também ao pagamento de pensão decorrente da morte do filho da requerente, estimada em 2/3 do salário-mínimo até os 25 anos de idade da vítima e, após, reduzida para 1/3, haja vista a presunção de que a vítima constituiria seu próprio núcleo familiar, até a idade em que a vítima completaria 65 anos ou até o falecimento da beneficiária, o que ocorrer primeiro.

Através de nota, a empresa ressaltou que o acidente aconteceu devido a instalações irregulares na rede elétrica. A Equatorial informou ainda que não era responsável pela distribuição de energia no Piauí naquele ano e vai recorrer da decisão da justiça. 

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM