Gif sobre a atualização do site do detran pi.

Geral

Delegado diz que acervo de mídias apreendido anestesista colombiano tinha vídeos de estupro de bebês

Agressividade e violência dos vídeos chocou até em policiais mais experientes no campo.

Publicado por: Lilian Oliveira 23/01/2023, 13:58

O médico Andres Eduardo Oñate Carrillo, preso por estupro de vulnerável e investigado por exploração sexual infantil e por exercício ilegal da profissão, teve mais de 20 mil mídias apreendidas pela polícia, contendo vídeos de estupro de bebês obtidos na internet.

O Serviço de Repressão a Crimes de Ódio e Pornografia Infantil da PF identificou a possibilidade de vasta movimentação de arquivos de exploração sexual de menores por Andres e alertou a Polícia Civil do RJ.

Foto: Fabiano Rocha

“[São] arquivos extremamente violentos: crianças com menos de 1 ano de idade sendo violentadas sexualmente”, disse Luiz Henrique Marques, titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav), que prendeu Andres na última segunda-feira (16). “Esses arquivos chamaram a atenção até de policiais mais experientes aqui na Dcav. Eu mesmo já trabalhei aqui três vezes. Tenho alguma experiência em investigação de crimes dessa natureza e me surpreendi com a agressividade desses vídeos”, emendou.

Fonte: G1
Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM