Banner de Aniversário
Gif sobre o fundo estadual dos direitos da criança e do adolescente.

O homem

15 de julho de 2019

Hoje, 15 de julho, é o Dia Nacional do Homem. É, portanto, o dia em que se festeja o homem verde-amarelo, o homem brasileiro.  

O escritor francês Victor Hugo, autor do livro Os miseráveis, escreveu certa vez  que o homem é a mais elevada das criaturas.

A mulher, o mais sublime dos ideais.

Deus fez para o homem um trono; para a mulher fez um altar.

O trono exalta e o altar santifica.

Mas pesquisando sobre o homem através da antropologia filosófica, vamos encontrar que o homem é um animal bem diferente.

Como disse aqui no ano passado, o homem é um animal que ao mesmo tempo é corpo, alma e espírito; é razão e emoção; físico e metafísico; singular e coletivo; objetividade e subjetividade; consciência e inconsciência.

O homem é um animal que morre em nome do amor, mas que também mata em nome deste mesmo amor.

Há, no entanto, aqueles que como o já citado Victor Hugo, consideram o homem a mais elevada das criaturas.

Há quem considere o homem como a parte mais bonita  da criação da natureza. O homem foi o primeiro a chegar a esse mundo, como semente da humanidade.

O homem chega a sacrificar seus sonhos por um sorriso na cara de seus pais. 

Ele gasta o dinheiro de seu bolso nos presentes da mulher que ama, só para vê-la sorrir.

O homem sacrifica sua juventude inteira para sua esposa e filhos, trabalhando até tarde sem se queixar.  

Ele constrói o futuro de seus seres queridos tomando empréstimos dos bancos e pagando-os pelo resto de sua vida com muito suor e trabalho. 

Ele luta muito e ainda tem que aguentar os gemidos, gritos e muitas vezes a incompreensão da sua própria mulher, dos seus próprios filhos,  de seu chefe e até de sua mãe, mesmo que sua vida seja um total compromisso pela felicidade dos demais.

Mas, se o homem sai, é descuidado.

Se fica, é um preguiçoso.

Se repreende os filhos, é um monstro.

Se não os repreende, é irresponsável.

Se não deixa que sua esposa  trabalhe , é inseguro.

Se a deixa trabalhar, é um folgado.

Se escuta a mãe, tem mamãezinha.

Se escuta a sua esposa, é barriga branca, é pau mandado.  

Se cai em tentação é um mulherengo, é um depravado;  se resiste, é gay.

Se chorar é um fraco, se não chorar é um insensível.

O homem, na verdade, é mesmo um animal incompreendido.

O homem é aquele animal que não pode chorar, mas que chora.

Homem de verdade sente saudades, homem de verdade diz eu te amo, homem de verdade sabe dar o valor merecido a cada tipo de pessoa, homem de verdade tem sentimentos.

Homem de verdade é aquele que sofre, mas ergue a cabeça e começa a escrever uma nova história.

Parabéns aos homens de verdade.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM