Voto consciente

20 de outubro de 2020

Posso parecer repetitivo. Mas é importante, mesmo que realmente seja repetitivo.
Estamos a menos de um mês das eleições municipais.
Com certeza muita gente já definiu o nome de seu candidato a prefeito e a vereador. Mas também é certo que muita gente ainda não escolheu.
Escolher um candidato, definir o voto, é um momento muito importante no processo eleitoral. É nessa definição de voto que você traça os rumos do seu município, traça o seu futuro.
Daí a importância do voto consciente.
O voto consciente é aquele voto em que o eleitor tem a certeza de que escolheu bem. É aquela escolha em que você acredita que está apto a atender a demandas da população. O seu voto, afinal, é em beneficio do município, não é para atender seus projetos pessoais.
O voto tem que ser desapegado.
Na hora de definir o voto, leve vários aspectos em consideração. Conheça as plataformas dos candidatos a prefeito e a vereador. Não vote no primeiro que aparecer.
Outro ponto importante é a lisura do candidato. Seria aquele um candidato corrupto, interessado apenas no que ele pode ganhar para si com a política? Qual o seu passado?
Vote em propostas que possam melhorar as condições de vida de cidade e de seus conterrâneos, mas analise também os candidatos. Veja suas companhias, veja o passado do candidato.
Veja, enfim, se ele tem condições de fazer aquilo que está prometendo. Essas promessas nem sempre viram realidade. Geralmente são apenas para chamar a atenção dos eleitores. Já assistimos a esse filme.
De qualquer forma, saber a história do seu candidato em detalhes revelará coisas importantes sobre seu passado e suas convicções e lhe dará uma ideia melhor sobre sua aptidão ao cargo.
O horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão, apesar de chato, é uma ferramenta importante de ajuda ao eleitor. Assista.
O eleitor, em nenhum momento, deve esquecer a importância do voto, do seu voto.
O voto é o que nos nivela por cima. Só o voto é capaz de fazer isso. Só o voto coloca pobre muito pobre no mesmo patamar do rico muito rico. O voto de um tem o mesmo valor do voto do outro.
Nenhum outro instrumento é capaz de tanto.
O voto é sua arma para mudar, mas também é sua arma para deixar tudo do jeito que estar.
Você, eleitor, rico ou pobre, tem esse poder nas mãos.
Por isso, não venda, não empreste nem alugue o seu voto.
Vote consciente e saia com o dever da missão cumprida.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM