Médicos parados e mais de 1,5 mil ficam sem atendimento

29 de maio de 2019

Os médicos servidores públicos do Piauí mantem a paralisação de advertência até esta quarta-feira(29)

A estimativa é de que no mínimo 1,5 mil pessoas perderam suas consultas.

Consultas que estão sendo remarcadas, como se doença fosse uma coisa que pode se colocar no freezer e esperar.

 

E o pior: sem resposta as suas reivindicações, os médicos admitem partir para uma greve geral.

 

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM