A maior ameaça ao Estado de Direito ocorreu quando Lula tentou refugiar-se na Casa Civil

12 de junho de 2019

Deu n’O Antagonista.

É uma piada sem graça Gleisi Hoffmann e sua “Batalha pelo Estado Democrático de Direito”.

 

A verdadeira batalha pelo Estado Democrático de Direito se deu quando Sergio Moro levantou o sigilo sobre o golpe que estava sendo tramado por Dilma Rousseff, a então presidente da República, com Lula, ex-presidente da República, para colocar o criminoso na Casa Civil e, assim, lhe dar foro privilegiado.

Não foi apenas “manobra do comissariado petista”, como diz Elio Gaspari. Foi tentativa de golpe contra o Estado Democrático de Direito, abortado por um então juiz de primeira instância.

 

Se o golpe petista tivesse dado certo, o Estado Democrático de Direito seria hoje o venezuelano.

 

Jornalistas ingênuos podem cair nessa esparrela de Gleisi e assemelhados ou simplesmente aderirem por cinismo. Mas aqui, não, violão.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM