Banner de Aniversário
Gif sobre o fundo estadual dos direitos da criança e do adolescente.

Segunda Turma julga no dia 24 habeas corpus de Eduardo Cunha

10 de março de 2020

Deu n’O Antagonista.

 Edson Fachin agendou para o dia 24 o julgamento no STF de um pedido de liberdade de Eduardo Cunha que visam derrubar um dos dois decretos de prisão preventiva que ainda o mantêm na cadeia.

Na data, Celso de Mello, fiel da balança nos julgamentos Segunda Turma, possivelmente já terá retornado ao trabalho — a licença médica termina no dia 19.

Neste habeas corpus, a defesa de Cunha contesta a prisão preventiva decretada pela Justiça Federal de Brasília em 2017 na Operação Sépsis.

Ele já foi condenado nesse caso por receber propina em troca de financiamentos da Caixa para o Porto Maravilha com recursos do FGTS.

A defesa, no entanto, afirma que os fatos não são contemporâneos, exigência nova criada pela Lei Anticrime para manter a prisão preventiva.

A PGR diz que ele ainda traz risco à ordem pública pela possibilidade de cometer novos crimes.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM