Servidores do HU retomam atividades, mas em estado de greve

14 de maio de 2021

Os servidores do Hospital Universitário da UFPI anunciaram greve por tempo indeterminado, mas nesta sexta-feira (14), realizaram uma assembleia geral para avaliar o movimento depois de uma decisão da Justiça do Trabalho acionada pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). O TST determinou o funcionamento de  80% dos serviços nos hospitais federais que foram paralisados. Os servidores resolveram paralisar a greve e retornar ao trabalho. Mas eles estarão em estado de greve, ficarão uma semana usando roupas pretas no atendimento do hospital. E o estado de greve dar a possibilidade de retomarem a paralisação sem a obrigatoriedade da comunicação prévia com 72 horas de antecedência. O representante dos servidores, Francisco Santana, disse que a classe está insatisfeita com a protelação do acordo coletivo e com a retirada da insalubridade, mesmo nesse período de pandemia.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM