FEMINICÍDIO: Assassino de Iarla pegou 37 anos e 4 meses de prisão

25 de novembro de 2021

O ex-tenente do Exército, José Ricardo da Silva Neto, foi condenado a 37 anos e 4 meses de prisão pela morte da estudante Iarla Lima Barbosa, e por tentativa de homicídio contra a irmã dela, Ilana Barbosa, e uma amiga da estudante, Josiane Mesquita. A sessão do Tribunal Popular do Júri, presidida pelo juiz Antônio Noleto, durou mais de 19 horas e foi encerrada por volta das 4h da madrugada.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM