Robert Rios recebe um ‘toco’ do Podemos

26 de novembro de 2021

Robert Rios (MDB) está doido para despachar o PSB. O partido migrou, mais uma vez, para o grupo de Wellington Dias (PT), de quem o vice-prefeito teresinense quer é distância. Para piorar a legenda corre um grande risco de ser esvaziada.

O presidente da agremiação no estado, o ex-governador Wilson Martins, vai buscar uma vaga na Câmara Federal e teme não se viabilizar com a estrutura que tem em mãos, por isso pensa em buscar outro rumo partidário. O único representante do PSB na Alepi, Gustavo Neiva, é outro que pode sair e também por conta da reaproximação da legenda com a base de Wellington. Robert não quer ficar para apagar a luz e há um bom tempo tenta viabilizar outra agremiação para chamar de sua. O Podemos poderá ser o destino, mas a última conversa entre as partes não foi boa. Dizem que o vice-prefeito tentou emplacar uma pessoa de confiança na executiva regional da legenda (comandada pelo advogado Norbert Campelo); seria uma das condições para mudar de lado. O vice-prefeito recebido um sonoro não. Resta saber se Rios vai continuar insistindo depois dessa.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM