Banner de Aniversário

Polícia investiga desvio de dinheiro em contrato entre Prefeitura e Organização Social

17 de dezembro de 2021

A Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor)  e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) deflagrou nesta sexta-feira (17) a Operação Filantropia, com objetivo de cumprir dez mandados de busca e apreensão e sequestro de bens em residências de servidores públicos, um escritório de advocacia e uma organização da sociedade civil em Teresina. Foram cumpridos mandados em apartamentos do Condomínio Angical, na Avenida Gil Martins e no Instituto Educass, na Rua Quintino Bocaiuva, centro de Teresina. O objetivo da ação policial é buscar informações, documentos e dados sobre Parcerias Públicas Privadas (PPPs) realizadas em 2019 e 2020 entre a Prefeitura de Teresina e o Instituto Educass. As investigações apuram que o Instituto Educass, gerido por duas servidoras da Prefeitura de Teresina, usavam recursos públicos na entidade, com o pagamento de propina para servidores públicos, a simulação da prestação de serviços e o uso de empresas de fachada. O Instituto Educass recebeu mais de 2 milhões da Prefeitura de Teresina através da Secretaria Municipal de Juventude (SEMJUV). Os alvos respondem por associação criminosa, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM